Skip to content

Prefeitura faz mutirão de exames e 130 pessoas faltam; ausências representam 32,5% dos agendamentos

A Secretaria de Saúde divulgou nesta quarta-feira, dia 28, o balanço dos atendimentos do mutirão de ultrassonografia, que iniciou no final de abril. Por conta da Pandemia, os exames precisaram ser agendados com um intervalo de dias e horários para evitar aglomerações. Os atendimentos foram realizados na Santa Casa de Capivari. Ao todo, 450 exames deveriam ser realizados, porém, 50 pacientes que estavam com o pedido médico para realizar o procedimento não foram localizados.

Dos 400 exames agendados, 130 pessoas faltaram ao atendimento, o que representa 32,5% do total. De acordo com a secretária de Saúde, Vladia Guimarães as faltas geram transtornos ao SUS do município, atrasa o atendimento e prejudica toda a população que precisa do atendimento. “Desde o começo do ano estamos registrando uma falta muito grande em exames e consultas. Já fizemos uma campanha, atualizamos dados dos pacientes e tomamos medidas administrativas para reduzir esses índices, mas precisamos da colaboração dos usuários do SUS para que as coisas deem certo”, afirma.

De acordo com Vladia, o sistema envia um SMS sete dias antes do procedimento, relembrando sobre o dia e horário do atendimento. Porém, muitos contatos estão desatualizados, o que faz com que o paciente não receba a mensagem. “Como o cartão SUS é obrigatório para tomar a vacina, estamos conseguindo atualizar muitos dados de pacientes, mas quando a situação estiver mais controlada vamos avaliar a necessidade de um recadastro dos usuários do sistema municipal de saúde”, conclui. A secretária informa, ainda, que outro mutirão deve ser realizado para suprir a demanda reprimida.

De janeiro até agora, cerca de R$30 milhões foram investidos na Saúde, sendo aproximadamente 70% com recursos próprios. Os investimentos são em compra de equipamentos, medicamentos, exames e repasses para a Santa Casa – o único hospital e pronto-socorro público da cidade.

Equipamento em Manutenção

O equipamento de ultrassom do Posto de Saúde Central apresentou problemas no mês de julho e precisou ser enviado para manutenção. De acordo com a Secretaria de Saúde, o aparelho deve retornar ao Posto nos próximos dias, podendo ser usado novamente para atendimento à população. Ainda de acordo com a pasta, o cronograma de atendimento será otimizado para que a população não seja prejudicada e uma fila de espera seja criada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content