Skip to content

Delegacia de Defesa da Mulher e Guarda Civil de Capivari realizarão visitas domiciliares a mulheres que possuem medidas protetivas

O índice de agressão domiciliar subiu durante este período de quarentena, com isso, autoridades intensificarão a proteção destas mulheres

Com a pandemia do COVID-19 e o isolamento social, casos de Violência Doméstica e Familiar têm aumentado e o número de denúncias presenciais vem diminuindo, conforme dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, publicado em 16/04/2020.

A Polícia Civil de Capivari, na última quinta-feira (23), deu cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva em desfavor de um rapaz de 24 anos, reincidente na prática de Violência Doméstica contra Mulher. O homem já havia sido preso em flagrante no mês de julho do ano passado e voltou a ameaçar a vítima.

A Guarda Civil de Capivari, em parceria com a Delegacia de Defesa da Mulher, fará a fiscalização das mulheres que possuem as Medidas Protetivas por já terem sofrido algum tipo de violência (psicológica ou física). Para essa fiscalização será disponibilizada uma viatura da Guarda Civil Municipal e será feita por um casal de guardas, onde a guarda feminina terá o papel de conversar com as vítimas.

O secretário de Segurança Pública, Gamaliel Lourenço de Souza, junto da Delegada Dra. Maria Luisa Dalla Bernardina Rigolin, já vem estudando para a criação desta guarnição há algum tempo e agora, com essa parceira com a Delegacia, será feito o trabalho de fiscalização, trazendo mais segurança para as famílias que sofreram ou sofrem com as agressões.

As denúncias poderão ser feitas através dos canais: Disque 180, site da Delegacia Eletrônica – www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br , 190 – Polícia Militar, 153 – Guarda Civil Municipal ou pelos telefones (19) 3491- 2563/3491-4181 – DDM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content