Skip to content

Juventude, Esporte e Lazer: primeiro trimestre foi marcado pela criação de projetos, busca de recursos e economia na Secretaria

Embora o cenário de Pandemia restrinja muitas ações promovidas pela Prefeitura, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer, o balanço do primeiro trimestre de Governo traz um saldo positivo, com mais economia, criação de projetos e estruturação da Secretaria.

Antes situada no SIAM, agora a repartição está no antigo prédio da CNEC, ao lado da Prefeitura, facilitando a aproximação com a administração. Devido as normas restritivas do Plano São Paulo, os eventos esportivos estão impossibilitados no momento, contudo o Secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Amarildo Júnior, está aproveitando o período para se reunir com empresários, secretários de outras cidades e representantes do Estado, a fim de trocar experiências e buscar captar recursos para a sua pasta.

Em janeiro, Amarildo participou de uma reunião com Luis Carlos Mendes, Assessor do Secretário de Esportes do Governo do Estado. Durante a visita, foi protocolado um ofício solicitando a inclusão de Capivari no Programa Esporte 100% para todos. O programa tem por objetivo fornecer uma pista de skate, academia ao ar livre e reforma no piso de ginásios ou quadras poliesportivas.

Outro aspecto que vem sendo muito discutido nesses primeiros meses é a inclusão de diversos projetos esportivos e sociais, pensando sempre em um retorno seguro após este difícil período.

Reuniões e estudos estão sendo feitos para a implantação de áreas de lazer em vários bairros, como: Caraça, Vila Izildinha, São João, Jardim Elisa e Porto Alegre. As áreas de lazer são vistas como uma opção a mais de entretenimento para o público geral, especialmente nas comunidades menos assistidas, aproximando famílias e ajudando crianças e jovens a vislumbrarem um futuro longe da criminalidade. Na Vila Izildinha a ideia é restaurar um minicampo de futebol, já no Jardim Elisa o objetivo é reformar a quadra poliesportiva.

Através de parcerias público-privadas, estão em pauta trabalhos com instituições da cidade, como por exemplo a Casa da Criança, situada no bairro São Luís. Através dessa parceria, existe um projeto para a construção de um campo de futebol ao lado da Casa Criança, espaço que poderá ser usado por todos, com objetivo de lazer e promoção da atividade física e interação social.

Nesses primeiros meses também houve uma ação que vai proporcionar uma economia de aproximadamente R$20 mil por ano, com a devolução do barracão de ginástica, que não vinha sendo utilizado desde 2020, em virtude da Pandemia. Quando as atividades estiverem liberadas, para não deixar os alunos desamparados, a Prefeitura já estuda a ideia de realocar as aulas para outro espaço.

Pensando na liberação do Parque Ecológico, está prevista uma força-tarefa para a limpeza e revitalização do espaço (ainda sem data prevista), contando com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e do Projeto Impacto. A ideia é deixar o local como ponto de turismo, prática de atividades esportivas e lazer. No momento, devido aos casos de Dengue nas proximidades, estão sendo feitas vistorias por parte da Vigilância Sanitária.

O prefeito Vitão Riccomini (PSL) destacou o trabalho do trabalho da Secretaria, reforçando que o momento é de cautela, estruturação e consciência.

“Claro que gostaríamos de promover muitos campeonatos, implantar mais atividades físicas nas escolas e trazer novas modalidades para Capivari, porém o período não nos permite isso, por isso devemos seguir com as determinações do Governo do Estado e buscar arrumar a casa para quando tudo estiver em sua normalidade. Pensando nisso, Amarildo e todos que atuam em sua Secretaria estão realizando um grande trabalho, pensando na estruturação para que logo possamos colocar tudo isso em prática”, salientou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content