Skip to content

Operação Chuvas de Verão 2019/2020 se encerrou no dia 31 de março

Capivari possui o Plano de Ação Imediata (PAI) com diretrizes para evitar e minimizar o risco de enchentes

A Prefeitura de Capivari, através da Secretaria de Segurança Pública, por meio da Defesa Civil, informa que a “Operação Chuvas de Verão 2019/2020”, foi realizada até o dia 31 de março. A operação teve início no dia 1º de dezembro de 2019, com o objetivo de avaliar as intempéries climáticas e minimizar os possíveis danos causados pelas chuvas na época.

PLANO DE AÇÃO IMEDIATA (PAI)

O PAI é fundamental para este trabalho de monitoramento e prevenção. As medidas preventivas do PAI consistem no acompanhamento de índices pluviométricos, previsão meteorológica e vistorias de campo. Entre as ações de prevenção realizadas durante o período chuvoso, estão a abertura de maneira antecipada das comportas da represa Leopoldina, considerando-se que essa ação é feita após o fornecimento de dados dos pluviômetros automáticos e o acompanhamento em tempo real de toda a rede telemétrica do rio nas cidades de Campinas e Monte Mor. A abertura antecipada visa baixar o nível da manancial há um nível seguro, a julgar que as chuvas que desembocam nesses municípios demoram em média de 18 a 24 horas para chegar até o perímetro do rio em Capivari, e com o nível do manancial baixo, visamos minimizar o impacto e risco do transbordamento da calha do rio Capivari. Capivari possui o Plano de Ação Imediata (PAI), com diretrizes para evitar e minimizar o risco de enchentes.

ENCHENTES

Dos dias 14 a 16 de janeiro foi registrada enchente com o subsequente extravasamento da calha do rio Capivari e seus afluentes, com mobilização geral do Plano de Ação de Imediata, com ações preventivas de remoções antecipadas das famílias ribeirinhas, considerando que o nível normal do manancial é 0.80cm, e no período das enchentes o nível atingiu seu ápice em 2.24m.

Dos dias 10 a 14 de fevereiro também foi registrada enchente com nova ocorrência de extravasamento do rio Capivari e seus afluentes, com o nível do manancial atingindo 2.62m, tendo em vista que no dia 28 e fevereiro houve inundação na rua Jacoveli, no bairro Ribeirão, proveniente do extravasamento do Córrego Água Choca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content