Skip to content

Secretaria ajuda a encaminhar pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida para o Mercado de Trabalho

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida busca orientar e encaminhar as pessoas para o mercado de trabalho. O projeto é pensando em contribuir com a renda dessa população além de ajudar no processo de inclusão social.

Através da ação da Secretaria, é possível aprender a montar um currículo PCD, onde devem ser apresentados dados pessoais, tais como: contato telefônico, experiência profissional (mesmo sem registro em carteira), cursos, escolaridade, e se é alfabetizada (mesmo com a escolaridade, muitas pessoas com deficiência não possuem grau de instrução). É indispensável a apresentação de laudo médico com o CID, pois algumas deficiências não se enquadram na Lei de cotas nº 8.213/91.

Para pessoas sem experiência, algumas habilidades podem ser fundamentais na hora de elaborar seu currículo ou buscar a melhor área para atuação. A facilidade de comunicação, convivência em grupos e disponibilidade em aprender novas tarefas podem ser facilmente colocadas, porém algumas mais específicas, que seriam comportamentais, apenas com uma triagem ao encaminhar o próprio currículo.

Com o currículo em mãos, a Pessoa com Deficiência ou Mobilidade Reduzida deve encaminhá-lo através do e-mail atendimento.pcd@capivari.sp.gov.br, por watsapp através do número (19) 2146-1525 ou ainda pessoalmente a Rua Constituição, 123 , bairro Pão de Açúcar. A Secretaria ficará responsável por direcionar o currículo as empresas, com auxílio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através do PAT.

Passada esta primeira etapa, é chegada a hora da entrevista. Para isso a inclusão assim como o acolhimento são de suma importância por parte dos Recursos Humanos, que devem ter um olhar diferenciado para cada tipo de deficiência. Isso contribui para que o entrevistado se sinta mais autoconfiante em expor suas habilidades e também suas dificuldades e limitações.

“A nossa interação com o candidato (pessoalmente) é importante para que possamos conhecê-lo, orientá-lo e encaminhá-lo para a vaga disponível que mais se aproxime de suas habilidades. O contato direto com o RH das empresas nos proporciona uma visão mais ampla de cada necessidade apresentada, evitando assim o desgaste por parte do candidato a entrevistas frustradas”, destacou a Secretária Manuela Maschietto Gonçalves Albini.

“Por esse caminho estreitamos esse vínculo e podemos oferecer orientação antes e depois das contratações. Mais do que incluir, o importante é acolher, conhecer e encaminhar as pessoas com deficiências para uma nova perspectiva de vida com mais independência, qualidade de vida e autoconfiança. Queria aproveitar e agradecer a toda minha equipe que vem realizando um trabalho brilhante nesse sentido”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content