Skip to content

Prefeitura anuncia a chegada de sete novas viaturas destinadas à Guarda Civil na tarde desta sexta-feira, dia 30

Na tarde desta sexta-feira, dia 30, em cerimônia realizada em frente ao Paço Municipal, o prefeito de Capivari, Vitão Riccomini (PSL) e o vice-prefeito Bruno Barnabé (PSDB), anunciaram a chegada de sete novas viaturas para integrar a frota da Guarda Civil. A ação visa substituir os veículos alugados.

Ao todo serão 11 novos carros, sendo sete viaturas do modelo spin e quatro caminhonetes do modelo S-10 que deverão chegar em breve, já devidamente equipadas para as atividades policiais. Em soma com as novas motocicletas e os novos aparelhos de comunicação, entregues à Secretaria de Segurança Pública na tarde de ontem, dia 29, os investimentos em novos equipamentos ultrapassaram a marca de R$2 milhões em 2021.

O prefeito Vitão agradeceu o empenho que os agentes da Guarda estão apresentando e parabenizou o secretário de Segurança Pública, Mauro Júnior, pela contribuição na conquista de novos instrumentos de trabalho para os oficiais e destacou a ação que concretizou o cumprimento de uma promessa de campanha.

“Agradeço o empenho não só dos agentes da Guarda Civil que se esforçam em manter Capivari uma cidade segura, mas também o ótimo trabalho desempenhado pelo secretário Mauro Júnior. Devolver os veículos alugados da frota era uma promessa de nossa gestão, e hoje graças a adição dos novos veículos, isso se tornou uma realidade”, pontuou Vitão.

O secretário Mauro Júnior, por sua vez, destacou a importância dos novos equipamentos para a Guarda Civil. “É um grande marco para a Guarda Civil ter novas viaturas para trabalhar, as antigas já vinham com oito anos de uso. Com a modernização dos equipamentos os oficiais vão ser capazes de prestar um trabalho melhor para a população”, afirmou.

Segundo levantamento do IBGE, menos de 22% das cidades do Brasil possuem Guarda Civil Municipal. Apenas no primeiro semestre de 2021, os nossos oficiais efetuaram a apreensão de 9.630 porções de entorpecentes e 107 prisões em flagrante, números expressivamente maiores que os do mesmo período do ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content