Prefeitura de Capivari assina convênio com o Governo do Estado para custeio dos danos causados pela enchente

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Na manhã desta sexta-feira, dia 04, o vice-prefeito de Capivari Bruno Barnabé, compareceu ao Palácio dos Bandeirantes na cidade de São Paulo, sede do Governo Estadual, para a assinatura de um convênio referente ao custeio dos danos causados pela enchente que castigou a cidade durante a última semana. O convênio prevê a quantia de R$1 milhão, que deverá ser usada estritamente com higienização de vias, remoção de entulhos e atividades semelhantes, conforme Decreto Estadual nº 66.465/2.022.

Desde a madrugada do último domingo, dia 30, a cidade de Capivari teve mais de 45 pontos de alagamentos, naquela que foi a maior enchente dos últimos 50 anos, segundo a Defesa Civil municipal. O Governo do Estado de São Paulo destinou a verba emergencial de R$1 milhão para auxiliar tanto na higienização das vias que ficaram inundadas com a água do rio Capivari, quanto na remoção de entulhos trazidos com a enchente.

De acordo com Bruno, a ação vai contribuir para que o processo de limpeza das ruas afetadas seja ainda melhor. “Gostaria de agradecer a ajuda cedida pelo Governo Estadual neste momento complicado que atravessamos. Diversas ruas principais da região central foram afetadas pela enchente, assim como outras vias localizadas em vários bairros da cidade, vamos efetuar a limpeza e direcionar o entulho gerado ao Ecoponto do bairro Castelani, para depois podermos enviar o material recolhido ao destino correto”, afirmou.

O Rio Capivari chegou a altura máxima de 4,34 metros, mais de dois metros acima do nível de transbordo. Ao todo, cerca de 5.000 pessoas foram afetadas pelas inundações em vários pontos da cidade. De acordo com dados da Defesa Civil, o nível do rio Capivari vem descendo gradativamente desde as 16h46 da última terça-feira, dia 01º. Equipes da Prefeitura seguem fazendo a limpeza de vários pontos da cidade desde então.

Explore mais...