Skip to content

Com Campanha para conscientização, Saúde dá recomendações no Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio

No dia 10 de setembro é celebrado o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, data que faz parte do Setembro Amarelo, mês voltado a valorização da vida e saúde mental. Pensando nisso, a Prefeitura de Capivari, através da Secretaria de Saúde, divulgou recomendações sobre o tópico e a criação de movimentos em prol da causa.

A Saúde estabeleceu alguns temas importantes a serem abordados sobre o assunto durante as campanhas que deverão acontecer na segunda quinzena de setembro, tais como mitos e verdades, estatísticas e desconstruções de esteriótipos sobre suicídio, além de destacar as unidades de tratamento em Capivari voltadas a pacientes com problemas semelhantes. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), campanhas deste tipo poderiam prevenir a morte de nove em cada dez casos de suicídio – a segunda maior causa de morte em pessoas de 15 a 29 anos no mundo.

A secretária de Saúde, Vládia Guimarães, destaca os sinais que uma pessoa expressa quando está precisando de ajuda. “Infelizmente o suicídio é um problema real na sociedade, sintomas como afastamento social, despedidas em excesso e nítida aversão de si, podem ser sinais de que alguém esteja passando por um período difícil. Em Capivari, tanto o Ambulatório de Saúde Mental quanto as unidades do CAPS, prestam auxílio a pessoas que estiverem atravessando um momento semelhante”, destaca.

O CAPS II Reviver disponibiliza atendimento para transtornos mentais graves e persistentes, fica localizado na rua Sinharinha Frota, 290, centro, com funcionamento de segunda a sexta, das 07h às 17h. Já o CAPS AD Renascer é especializado em transtornos pelo uso de álcool e outras drogas, localizado na rua Valdir José de Matos, 30, bairro Nova Capi, com funcionamento também de segunda a sexta, no mesmo horário.

O Ambulatório de Saúde Mental, por sua vez, oferece atendimento psicoterápico individual ou em grupo, desempenhando uma função complementar à atenção básica e também ao trabalho desempenhado pelas unidades do CAPS. É localizado na rua João Vaz, 262, centro, com funcionamento de segunda a sexta, das 07h às 17h.

Vale lembrar que, em um momento de crise o Centro de Valorização a Vida (CVV) está disponível para atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana, garantindo total sigilo. O telefone para contato é 188.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content